A MC&A foi a sociedade de advogados escolhida pela construtora portuguesa Sonangil para assessorar juridicamente a sua instalação em Moçambique. A firma liderada por Vítor Marques da Cruz terá a seu cargo a assistência jurídica necessária à criação da empresa local, à aquisição do espaço e das viaturas, à contratação de pessoal e respetiva celebração de contratos de trabalho.

O investimento do grupo Sonangil em Moçambique está relacionado com a realização de diversas obras de construção civil na área da geotecnia, com enfoque na elaboração de projetos de fundações especiais em edifícios com recurso a técnicas de estabilização de taludes e tratamento de solos, execução de paredes de contenção periférica, criação de fundações indiretas e monitorização de estruturas. A par da realização de várias obras de construção civil em Moçambique, a Sonangil atuará também na área de produção e distribuição de betão.

Em Moçambique, a MC&A conta com o apoio local da sociedade Fernanda Lopes & Associados, um dos escritórios de advogados com o qual trabalha em parceria.

Com a representação do grupo Sonangil, a sociedade alarga a sua carteira de clientes no âmbito da assessoria jurídica a negócios internacionais. Entre as operações que já assessorou incluem-se o apoio ao China Development Bank no processo de financiamento à compra de parte da EDP pela Three Gorges, a representação da ONGC Videsh Limited, companhia petrolífera indiana, na aquisição de parte da operação de transporte de gás natural em Moçambique, a representação da Bechtel, uma das maiores empresas do mundo em procurement, engineering e construction, em Angola e Moçambique, e a assessoria do Billion Group na construção de dois empreendimentos em Angola e um outro em Moçambique.