MC&A amplia capacidade de resposta a clientes internacionais.

A sociedade portuguesa de advogados MC&A e a sociedade de advogados luso-moçambicana Fernanda Lopes & Associados (FL&A) acabam de formalizar um acordo tendo em vista a fusão das duas sociedades. Esta fusão irá reforçar a actuação das duas sociedades nos mercados português e moçambicano, com a ampliação da capacidade de resposta a clientes internacionais.

Em Portugal, a fusão será concretizada através da incorporação dos advogados do escritório de Lisboa da FL&A na actual estrutura da MC&A, potenciando a partilha de know-how e a capacidade de apoio aos clientes das duas sociedades, em várias áreas do Direito relacionadas com operações internacionais.

Em Moçambique, a fusão da MC&A e da FL&A permitirá, a ambas as sociedades, responder de forma mais eficaz e consistente, às inúmeras solicitações que surgem para este país, actuando os advogados da MC&A como consultores nas operações internacionais em que tal se revele necessário e em função das áreas do Direito em que esta última se especializa. Caberá, ainda, à MC&A apoiar e assistir na Europa, em Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé, os clientes provindos dos vários países que integram a rede internacional Africa Legal Network (ALN), da qual a FL&A é membro.

As duas sociedades irão trabalhar em conjunto com o objectivo de possibilitar uma maior rapidez e eficácia na assistência aos seus clientes, conjugada com a qualidade habitualmente oferecida por ambas. Para o efeito, está previsto um intercâmbio entre os advogados dos dois países, para capacitação em aspectos da legislação dos respectivos ordenamentos jurídicos, aprendizagem de diferentes metodologias de abordagem e procedimentos para tratar assuntos de clientes e melhoria da performance no acompanhamento prestado aos clientes.

«Esta é uma excelente oportunidade para a MC&A obter maiores conhecimentos sobre este mercado, e assim prestar assistência efectiva a clientes que pretendam apostar em Moçambique como forma de potenciar os seus negócios», considera Vítor Marques da Cruz, sócio fundador da MC&A. «Iremos também reforçar a nossa actuação e os nossos conhecimentos, principalmente, nas áreas ligadas à construção de infraestruturas e actividade mineira, onde a FL&A desenvolve regularmente a sua actividade, uma vez que haverá a possibilidade de “intercâmbio” de advogados entre os dois escritórios», refere Vítor Marques da Cruz.

Os advogados da MC&A, com larga experiência em transacções internacionais, poderão vir, no futuro, a estar presentes em Moçambique, como consultores da equipa local da FL&A, adquirindo conhecimentos sobre a prática dos negócios em Moçambique e, simultaneamente, contribuindo para a formação dos advogados moçambicanos da FL&A. Por outro lado, os advogados moçambicanos terão oportunidade de realizar estágios profissionais em Portugal. A par da troca de experiências e conhecimentos, que irão contribuir para potenciar a angariação de novos clientes tanto em Portugal e Moçambique, haverá ainda lugar à partilha de clientes entre as duas sociedades.

Sobre a FL&A

A FL&A é uma das mais antigas e internacionalmente reconhecidas sociedades de advogados moçambicanas, integrada na rede internacional ALN (http://www.africalegalnetwork.com/). Constituída em Maputo, em 1995, a sociedade teve, como alicerces, os anos de experiência acumulada pelos sócios fundadores, Teodato Hunguana e Fernanda Lopes, não só ao nível da advocacia, mas também na magistratura, docência universitária e vida política activa, em Moçambique e em Portugal.

Entre as suas áreas de especialização, destacam-se o contencioso judicial e de arbitragem em matérias de direito das sociedades, direito comercial, direito civil e direito internacional. No que respeita às áreas de actuação, a FL&A tem um âmbito de actuação muito amplo, abarcando desde as telecomunicações à actividade mineira, e incluindo a construção/reabilitação de infraestruturas portuárias, ferroviárias e viárias, construção civil, concessões a privados de exploração de serviços públicos, agricultura, turismo, energias renováveis, cuidados de saúde, distribuição, fabrico e comercialização de bebidas e produtos alimentares e actividade bancária.

Sobre a MC&A

A MC&A é uma sociedade de advogados portuguesa especializada em Direito Bancário, Mercado de Capitais e Direito da Energia, essencialmente vocacionada para o acompanhamento de negócios internacionais, em especial nos países de língua oficial portuguesa (PALOP). A par da sua ligação à SNR Denton uma rede internacional de escritórios de advogados, a sociedade desenvolve complementarmente várias parcerias, em nome individual, com escritórios em Espanha, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e S. Tomé e Príncipe.

Em Angola, a MC&A tem uma parceria com a sociedade Mota Veiga Advogados, um escritório constituído por quatro advogados que desenvolve a sua actuação no âmbito da assessoria jurídica em processos relacionados com investimento estrangeiro, corporate, direito do trabalho, direito fiscal e desenvolvimento de infraestruturas. Enquanto extensão da MC&A, a Mota Veiga Advogados surge indiretamente associada à rede internacional SNR Denton, além de integrar ainda a rede internacional First Law International (FLI).