A MC&A marca agora presença em Tavira, Algarve, com o objetivo de assessorar clientes estrangeiros, principalmente suecos que pretendam usufruir das vantagens do Regime de Residentes Não Habituais em Portugal. A sociedade funciona a partir das instalações de um escritório local e conta com o apoio do advogado sueco Peter Morawetz e da equipa da MC&A em Lisboa, em particular da advogada Teresa Pala Schwalbach.

O principal objetivo desta aposta no Algarve é apoiar cliente estrangeiros – em particular suecos – que pretendam usufruir das vantagens associadas à obtenção de residência fiscal em Portugal, ao abrigo do Regime de Residentes Não Habituais, um regime em sede de IRS – Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares.

A escolha de Tavira para a abertura do novo escritório está relacionada com uma maior apetência por aquela zona, para a maioria dos suecos que se instalam em Portugal.

Em comunicado, Vítor Marques da Cruz, sócio fundador da MC&A, refere que devido ao trabalho conjunto que tem desenvolvido com Peter Morawetz, que é o responsável pelo Swedish Desk da MC&A, tem sido possível dar apoio jurídico a inúmeros cidadãos nórdicos na obtenção de residência fiscal em Portugal e também na aquisição de imóveis.